Usuário Senha
Lançamentos - Kit NewGene SAL+Amp Real Time PCR e Reagente de Extração Rápida FASTx

Outras Aplicações


Detecção de proteína animal em ALIMENTOS e seus ingredientes


bov
- detecção de DNA de origem bovina
ovi - detecção de DNA de origem ovina
sui - detecção de DNA de suínos
gap - detecção de DNA de galinha e peru 

No início de 2013 a Comissão Europeia aprovou planos para a realização de testes aleatórios de DNA em produtos cárneos em todo os Estados-Membros e 11 dos maiores fornecedores de alimentos do Reino Unido declararam que estão "trabalhando contra o relógio para completar o teste mais abrangente de produtos de carne bovina processada já realizado, em qualquer lugar do mundo". No entanto, episódios de adulteração de carne não estão restritos a carne de cavalo, e certamente não são limitados à UE. Atualmente, técnicas de DNA são consideradas as mais adequadas para identificar espécies, pois o DNA está presente e é idêntico em todos os tipos de tecidos, é relativamente estável mesmo a altas temperaturas, e está diretamente relacionado à diversidade, e portanto diferenciação de espécies. A fraude na composição do alimento é questão crítica para a indústria: os consumidores dependem da declaração precisa e completa dos constituintes de alimentos que lhes permitam fazer escolhas coerentes com os seus estilos de vida. A fidelidade à marca pode ser severamente comprometida. O teste de DNA possibilita o monitoramento do produto e oferece evidência de autenticidade, descartando também, graças à elevada sensibilidade, os riscos de contaminação de processos.